Abertura das Fronteiras

Após cerca de 2 anos de restrições fortes para a entrada de estrangeiros, as fronteiras foram abertas novamente e essa é uma ótima notícia para as economias de diversos países e para os setores de turismo da América do Sul, que estão restaurando a sua normalidade.


A previsão é que haja um aumento na procura por passagens nas primeiras semanas de abertura. Mas a oferta das frequências é regulada de acordo com a demanda dos passageiros, e a disponibilidade deve subir de acordo com a busca por voos aumentar também.


Conheça as novas regras para os turistas que desejam visitar o Brasil ou vice-versa:


Estrangeiros no Brasil


Fazer o teste PCR dentro de 72 horas antes do primeiro ponto de embarque para o Brasil. (As horas começam a ser contadas a partir do momento em que o exame é feito). O resultado do teste deve ser negativo. Apresentar em formato digital ou impresso, nos idiomas Português, Inglês ou Espanhol.


Ou um teste de ANTÍGENO COVID-19 negativo feito no máximo 24h antes da partida do primeiro ponto de embarque. No resultado precisa ter nome e data de nascimento, número do documento de viagem (todos conforme passaporte). Pode ser em Português, Inglês ou Espanhol.


Não vacinados precisarão fazer quarentena de 5 dias para entrar no Brasil. A ANVISA recomendou ao Governo Federal Brasileiro que exija a vacinação contra o COVID 19 para entrada no país, no entanto o governo anunciou no dia 08/12/2021, que irá impor quarentena de cinco dias e teste RT-PCR para viajantes não vacinados que queiram entrar no país. Os detalhes do processo de como irá funcionar a quarentena não foram especificados.


ATENÇÃO: Menores de 02 anos estão isentos de apresentar exame.


ATENÇÃO: As crianças com idade inferior a doze anos que estejam viajando acompanhadas estão isentas de apresentar documento comprobatório de realização de testes para rastreio da infecção pelo coronavírus SARS-CoV-2 (covid-19) desde que todos os acompanhantes apresentem documentos com resultado negativo ou não detectável, do tipo laboratorial RT-PCR, realizado em até setenta e duas horas anteriores ao momento do embarque, ou teste de antígeno, realizado em até vinte e quatro horas anteriores ao momento do embarque;


- Preencher a Declaração de Saúde do Viajante (DSV) online com a concordância sobre as medidas sanitárias que devem ser cumpridas durante o período que estiver no país, Nesse site: https://formulario.anvisa.gov.br/. Deverão mostrar no check-in o email da confirmação do formulário preenchido que receberão da Anvisa.



Brasileiros no exterior


Para entrar em outro país, o turista deverá pesquisar para confirmar qual é o esquema exigido por cada país. Geralmente é necessário preencher uma declaração juramentada na qual apresentará o esquema de vacinação completo com, no mínimo, 14 dias de vigência desde a segunda dose.


Além de um exame PCR negativo feito nas 72 horas prévias ao embarque, quando o turista aterrissar, passará por um teste de antígeno (teste rápido) e deverá fazer um novo PCR entre o 5º e o 7º dia de permanência no país.


Esses dois exames devem ser despesas pagas pelo próprio turista. É possível fazer o teste de antígeno nos aeroportos por US $25. Essas exigências isentam o turista de uma quarentena obrigatória.


Caso as regras anteriores não sejam seguidas e o turista não tiver um esquema completo de vacinação poderá entrar, mas terá de passar um tempo determinado em isolamento, variando de acordo com cada país.


Agora que você já sabe de todas as regras, venha visitar Floripa e Região! Aqui você pode aproveitar todas as aventuras com muita segurança.


Siga as nossas redes sociais:



12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo